quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Relatos de uma pessoa magra + desafio pessoal.

Como já disse, trabalho em uma escola, na secretaria... Ontem conversando com uma colega professora (magérrima), comecei a espicular como era a vida alimentar dela...rs...
Ela me disse o seguinte:
* acorda 5:30 da manhã, o café dela é leite de soja e pão, não gosta de café;
* dez da manhã come o lanche da escola (ela disse que morre de fome de manhã, então manda pra dentro a merenda da escola, que é bem calórica);
* no almoço, tem só 15 minutos pra se alimentar, então o almoço é pouco e corrido;
* no lanche da tarde, 15:30, manda pra dentro a merenda da escola novamente ( e eu achando que era ela a grande vilã da minha vida, rs);
* de noite só come coisas leves;
* faz mais de dez anos que não bebe refrigerante, as vezes até tem vontade quando sente o cheiro da coca cola, mais não bebe.
* não coloca óleo no arroz e no feijão. O óleo que ela utiliza é o de canola ou o de girassol, e dura séculos na casa dela;
* não passa mais que três horas sem comer:
* adora chá com sabores (de morango, pêssego, frutas vermelhas), mais não quente, com duas pedrinhas de gelo;
* odeia cheiro de fritura, não come fritura de jeito algum;
* não é muito chegada a doces (que beleza ein)
* e o mais importante que ela falou e ficou bem marcado: Ela disse bem assim: "As vezes eu até vou comer, mais naquele momento, eu não estou com fome, então eu me pergunto, se eu não estou com fome, por que vou comer? e daí não como!" Coisa que eu por exemplo não me questiono antes de comer, meu cérebro não pensa, as vezes até pensa... mais minha mente descontrolada de gorda não dá importancia aos pensamentos pré golodices...rs


Ontem tive uma compulsão alimentar feia! comi meus problemas... quero esquecer isso e resolver os problemas... na verdade já tá tudo se ajeitando... coisas que dependem de mim, e coisas que não dependem de mim, então não adianta eu me martirizar.
Ainda bem que a balança não alterou!
Por isso iniciei um dos meus desafios de ficar sete dias sem comer açúcar! vou conseguir! preciso disso pra me motivar! vou mostrar pra vcs que eu consigo.

Grande beijo
Att.

7 comentários:

Amanda Borges disse...

Oi amigaa
olha, realmente essas pessoas magras as vezes nem comem tanto e são saudáveis como essa sua colega, mas conheço muito magro de ruim rs
olha força nesse desafio, eu também preciso de algo assim.
a gente vai conseguir!
beijoos

Bethynha disse...

preciso fazer que nem essa menina ali..ai ai
precisamos ser fortes pra nao comer qndo nao temos fome ne!!
bjao e boa quarta

Monica Ferra disse...

Essa sua entrevistada é muito regrada, por isso é magra. Nossa cabeça de gorda não deixa a gente raciocinar antes de rejeitar algo para comer,principalmente quando estamos sem fome. É instintivo. Mas isso vai mudar! Pode acretitar.
bjus

Giovanna disse...

Sabe Edi comer problemas, e nosso problema, temos que resolver isso, nao por comida quando o problema não é fome.
Não faça por nós , faça por vc. eu sei que vai conseguir.
OLha faça por vc.
beijos vc é uma vencedora. vai conseguir.
bjos

gi

(¯`·.¸¸. °ºFabiº° ;-.¸¸.·´¯) disse...

oi amiga, olha só, eu ainda não sei quem é vc no colégio, tenho hora atividade lá toda terça feira, vá na sala dos prof para a gente conversar.
Fiquei curiosa pra saber quem é essa prof!!!!

Felipe Nauta disse...

Oi Eddi, adorei o relato que você postou e confesso que fiquei com um pouquinho de inveja, mas inveja boa dessa professora. Também queria ser assim, só comer quando sinto fome, mas a minha realidade é diferente. Estou mudando, graças a Deus! Compulsão faz parte, o importante é dar a volta por cima. Não esqueça que eu to torcendo por você, beijos! http://diariofat.zip.net/

Agora é de verdade! disse...

Querida !
Força, fé e foco ! Sao os tres F's essenciais para alcançarmos o nosso objetivo !
Estou te seguindo e estaremos todas juntas nessa luta ! Pode contar cmg !
Um beijo ♥